sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

This little light of mine, I'm gonna let it shine...

Foto de Floripa... não vou passar o ano-novo lá, mas é uma recordação desse ano e fica a imagem pra relaxar a gente, rsrsrsrsrs
E 2010 acaba...

Eu devo admitir que sempre fico triste nessa época do ano. Acho que é porque eu não gosto de "fins". Mas o ano acabou praticamente, e ficar triste por isso não leva a nada, né?! Então, o melhor a se fazer é agradecer a Deus pelo ano que passou e pedir um 2011 melhor ainda.
Que esse ano que começará em poucas horas seja muito bonito para cada uma de vocês que seguem e que leem o blog. Que na lista de resoluções de vocês, "ser feliz" seja a primeira delas. Que seus sonhos e planos se realizem e que vocês tenham forças para atravessarem os eventuais momentos ruins que possam acontecer.
Que vocês tenham saúde e que estejam rodeadas de pessoas queridas. E que no fim de 2011, vocês possam olhar para trás e ver que o ano foi absolutamente incrível, mas que saibam que 2012 será ainda melhor.

Beijos, queridas (os) leitores, e que Deus os abençoe muito!

E que venha 2011, o primeiro ano de uma nova década!!!!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Pós Natal

Posso falar? Achei esse Natal meio xoxo (é assim que escreve?). Não na minha casa, mas em geral. Achei as propagandas na tv pouco natalinas e senti falta dos especiais de Natal na tv a cabo (admito que eu achava aqueles filmes natalinos meio chatos, mas fiquei orfã deles este ano). Acho que o Natal chegou e passou tão rápido que nem deu tempo de sentir direito. Mas agora, só ano que vem... (acho que eu vou começar a me preparar em janeiro pra não perder nada... rsrsrsrsrsrs #exagerada).
Mas deixo algumas fotos do resto da decoração e da ceia (nham!) E peço desculpas pelo atraso...


Centro de mesa que minha mãe fez


Casinha com neve pra simular um Natal europeu


Mesa da ceia... arroz de forno especial; farofa; champagne e claro, peru

Foto estranha pq eu estava tirando no modo errado (abafa!)

Detalhe do porta-guardanapo 
Esse porta-guardanapo na verdade foi uma tentativa de copiar um outro que eu vi numa postagem da Karen, da Calicanto. Como eu não consegui copiar a URL da postagem, ela foi feita no dia 20 de dezembro de 2010 e a foto foi retirada do Saida Online.

E aí? Gostaram da decoração?
Mas ainda hoje, acho que terá mais coisas... aguardem... rsrsrsrsrs
Beijosssss

sábado, 25 de dezembro de 2010

I wish you a Merry Christmas...

E chegou rápido esse Natal, hein?!

Eu desejo a todos um Feliz Natal!!!
Mais do que dar e receber presentes (que vamucombiná é muito gostoso... odeio aquele pessoal pseudointelectual que vem com papo de capitalismo pro meu lado...), que você tenha um Natal incrível ao lado das pessoas que você ama.
Porque Natal é amor sim, gente. É todo mundo reunido e esquecendo todas as picuinhas que aconteceram durante o ano. É no Natal que você vai criar as lembranças que vai contar aos seus filhos um dia. E te garanto que lá no fim da vida suas melhores lembranças não serão quantos diplomas você tem ou como você tinha todas as roupas da moda, mas sim de todos os momentos deliciosos que você passou com seus familiares e amigos e o Natal é um deles.
Por isso, divirta-se, coma todas aquelas comidinhas típicas de Natal, ame, esqueça seus problemas e tenha um grande Natal!

Beijos!

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Christmas has arrived...*



...pelo menos na minha casa, já, rsrsrsrsrs.

Desculpem a demora em postar... estou em reposição de aulas por conta de uma greve na faculdade ¬¬'' Mas enfim, né... aulas até dia 22 não era o que eu tinha programado, mas a gente corre atrás (ou tenta, pelo menos, rsrsrsr). Mas vamos falar de coisas boas?

Eu já disse que adoro o Natal, né? Então, agora seguem algumas fotos da decoração aqui em casa. (Eu já descobri porque as fotos não saem boas... é que nenhum dos objetos aqui de casa é fotogênico... rsrsrs... brincadeira, relevem a qualidade das fotos ;)

Bom, eu deveria ter cuidado melhor da decoração, mas minha mãe estava animada esse ano e deu um super upgrade na decoração e na árvore... tem até antes e depois, rs...


Essa é a árvore antes...
Olha o papai Noel alemão aí...
Lareirinha....

Detalhe de um dos enfeites

E esse é o depois: 


Árvore redecorada, e...

Com enfeites fatto a mano por ela



Aceitamos encomendas pro ano que vem... rsrsrsrsrs

Ufa... postagem longa e cheia de fotos, não?!
Amanhã eu venho e posto o resto da casa junto com a decoração da mesa... Eu sei que tá meio em cima da hora, mas nesse ano o Natal chegou especialmente rápido... e nunca é tarde pra começar a arrumar. Eu e minha mãe já montamos uma árvore no dia 24 de dezembro, rsrsrsrsrs.

Beijosss e até amanhã... e um Feliz Natal!!!

Ps¹: Aqui em casa já está um cheiro de Natal maravilhoso!!!
Ps²: Está passando Forrest Gump, filme que para mim tem uma super cara de fim de ano... rsrsrsrsrsrs (e eu nunca assisti inteiro, hahaha)

*O natal chegou...

domingo, 5 de dezembro de 2010

Sobre a importância de se ter hobbies...

... porque afinal, a vida também ter que ser divertida, não é mesmo?
Acho que todos deveriam ter hobbies. Qualquer coisa, tipo ler romance Sabrina, jardinagem, fazer cupcakes de sábado, escrever, sei lá. O mais importante não é o que você tem como hobby, mas simplesmente o fato de se ter um hobby. Acho que eles tornam a vida mais legal e são uma boa oportunidade de se explorar a criatividade e extravasar os sentimentos, sair da rotina pra variar.
Eu faço letras e adoro. Acho que não me vejo fazendo outra coisa da vida, mas nunca se sabe né?! Mas o fato é que às vezes cai um pouco na rotina... temas fixos de trabalhos, montes de textos para ler, provas para estudar e aí acaba ficando chato. E o que eu gosto de fazer pra liberar um pouco é bem simples: leio revistas. Principalmente de moda, mas tabém dou uma olhada nas de decoração. Gosto de ver enfeites, cores, temas e me imaginar fazendo um monte de coisas, mesmo que na maioria das vezes eu não faça. É um exercício gostoso de se fazer. Eu esvazio a mente, esqueço das provas e trabalhos e por um momento eu assumo uma segunda personalidade. Que muitas pessoas não conhecem, mas que muitas vezes é mais interessante e divertida que minha personalidade do dia a dia. E hobbie é isso aí: uma coisa simples e divertida (que não é uma obrigação) e que te permite ser qualquer outra pessoa.
Deixo o refrão de uma música do Cobacabana Club, que não é sobre hobbies, mas que dá a dica de como você deve escolher o seu:

just do it do it do it cause you want it
just do it do it do it cause you like it
do it do it do it cause you feel it
not because you saw it
E aí? Qual é o seu hobby?

sábado, 4 de dezembro de 2010

É natal...

Ainda não é Natal, mas está próximo. Lembram quando eu falei que de agosto para dezembro era um "pulo". Pois é. Dezembro chegou. O último mês do ano, e o último mês da primeira década do milênio. E da mesma forma que chegou voando, ele vai embora mais rápido ainda, então nada de perder tempo e let's aproveitar esse mês tão especial e que eu particularmente adoro!
Acho que dezembro tem um clima diferente. Não quero ser piegas, nem falsa, mas love is in the air, sabem cumé, né?! E é super gostoso arrumar a casa com coisinhas natalinas, tudo bem especial e diferente. Então, a partir de hoje, vou tentar postar coisinhas e dicas bacaninhas pro Natal. Então, vamos lá?!
Só não reparem na minha falta de habilidade fotográfica, ok? rsrs
Essa dica eu vi na revista Minha casa do mês de dezembro. A revista é publicada pela editora Abril e custa R$ 4,90. Essa é uma revista de decoração, mas com uma pegada mais popular, com dicas simples, acessíveis e muito charmosas. Como essa foi a primeira que a minha mãe comprou, não sei dizer se esse é o padrão da revista, mas a edição desse mês passou essa impressão.



Eu (e a editora da revista, rs) gostei desse arranjo principalmente pela simplicidade dele. Ela o viu numa vitrine na Alemanha (ui, que chique) e ele pode ser feito com as coisas que a gente tem em casa, né (aliás, a editora da revista escreveu isso, rs). Todo mundo tem aqueles vidros de geléia, molho e outras coisas que a gente não lembra de ter comido amontoando-se absurdamente nos armários de casa. E dá dó de jogar fora, né?! As velas podem ser encontradas em qualquer loja de R$ 1,99 e dá para usar aquelas bolinhas velhas que perderam o ganchinho de colocar na árvore para enfeitar o arranjo. Dá para usar também fitas que vieram em presentes para amarrar nas bocas dos vidros, ou colocar uns enfeites de feltro e dar um charminho a mais. O suporte pode ser uma bandeja ou uma cesta, dependendo do que você tiver.
O que eu acho mais bacana de ver nesses arrajnos gringos é que eles reaproveitam tudo o que tem em casa, coisa que nós muitas vezes não fazemos. A ideia do arranjo não é sair comprando tudo para montar uma coisa bacana, mas sim usar coisas que a gente tem em casa e dar uma cara nova para elas. Eu pretendo fazer um desse aqui para casa, vamos ver se rola. Bora tentar também?

Nesses links têm algumas ideias pro Natal:

A Fabi Uchi do Vida Pechincha fez esse post aqui com uma dica de árvore sustentável;
já  o André Montejorge do Bem Legaus mostrou esses agarradinhos de personagens natalinos muito fofos;
e lá no site http://www.casa.com.br/ (site da revista Minha casa) tem algumas dicas de enfeites e de receitinhas para alegrar o Natal.

Ao longo dos outros posts, eu vou colocando mais links com dicas.

E para encerrar, na revista tem a dica do bazar de Natal do Lar Center. Eu fui conferir e vou ser sincera... não é bem um bazar. São apenas dois stands, um vendendo comidinhas importadas e o outro vendendo artigos para decoração. Esse com os artigos para decoração tem vários enfeites lindos para enfeitar a casa para o Natal. Vários enfeites são importados da Alemanha, e são um pouquinho caros, mas são lindos. Adorei a vela de mel e os enfeites para colocar na árvore, especialmente os de floquinhos de neve. Minha mãe trouxe esse daqui para colocar na árvore:



Fofo, né?!
Para quem quiser conferir, o Shopping fica na Av. Otto Baumgart, 500 Vila Guilherme e o bazar vai até o dia 23 de dezembro. Maiores informações sobre o Lar Center: www.centernorte.com.br/lar-center.

Para as cariocas, neste fim de semana (4 e 5 de dezembro) vai rolar o evento Jardim das Artes- Natal, com peças de decoração, arte, artesanato e moda produzidos por artistas do local. O evento acontece no bairro Jardim Botânico, no Rio, das 12h às 20h. Informações: (21) 3114-5162. Infelizmente não vou nesse evento aí, fica só como divulgação mesmo. Mas se alguém for, pode dividir a experiência aí nos comments ;)

Informações retiradas da revista Minha casa: http://www.casa.com.br/

E aí? Alguém tem mais dicas de Natal? Divide com a gente nos comentários ou pelo e-mail que está na lateral do blog.

Beijos e feliz dezembro!

domingo, 28 de novembro de 2010

Update fotográfico

E que tal comprovar com fotos as palavras escritas no post anterior? (só não reparem a qualidade das fotos... tava escuro, a luz não era boa e... eu sou uma péssima fotógrafa, rs):

Eu fui na "vinte e cinco" sexta-feira. Minha mãe queria comprar uns ingredientes para o Natal (vou escrever sobre isso na parte 2 do post... cenas do próximo capítulo, rsrsrsrs) e, como não poderia deixar de ser, eu passei no Shopping Porto Geral para aquela conferida "básica". Na verdade, eu estava procurando um colar de algemas. Achei a coisa mais fofa quando eu vi na Cleo Pires na capa de uma Gloss antiga. Fiquei procurando opções, mas todas me pareciam um pouco acima do que eu estava disposta a pagar. Eu queria uma bonita, porém barata, porque apesar de eu gostar muito de uma bijoux depois aparecem outras coisas e eu esqueço de usar o que eu já tenho. Como eu já tinha visto antes numa loja de lá, fui procurar de novo. Achei e comprei. Ela saiu por apenas R$ 12,00, mas apesar de ser um item que eu estava procurando muito, não estou tão animada em usar. Isso porque acho que não fui bem tratada na loja e me decepcionei. Eu explico: como eu disse, as lojas de lá têm um limite mínimo para passar cartões. No caso dessa loja, o mínimo era R$ 20,00 para cartões de débito. Como o colar custava apenas R$ 12,00, ficariam faltando R$ 8,00. Achei por bem chamar minha mãe para olhar a loja e ver se tinha alguma coisa que ela gostaria de pegar para completar o valor. Claro que não tinha nada de R$ 8,00, mas ela se interessou em um colar e eu estava disposta a levar. O mínimo para atacado da loja era R$ 30,00, e os dois colares sairiam por R$ 30,00 só que no preço de varejo (alguém tá entendendo a bagunça?). Para que o preço de atacado fosse válido, eu teria que fazer a soma pelo menor valor (ficaria algo assim: meu colar por R$ 9,90, no atacado, + o colar da minha mãe, que devia ser uns R$ 15,00 no atacado, que seria igual a R$ 24,90, faltando então R$ 5,10 para o preço de atacado). É claro que a vendedora que me atendeu já foi empurrando uma pulseirinha para combinar com o colar escolhido pela minha mãe e lógico, completar o valor. Mas minha mãe, no fundo não tinha gostado tanto assim das peças, e resolveu não levar e sugeriu que eu fosse ao caixa eletrônico, tirasse um dinheiro e pagasse os R$ 12,00 à vista, sem precisar completar nada (juro que a ideia de tirar o dinheiro não tinha me passado pela cabeça, muita burrice de minha parte, não?!). Quando a vendedora viu que eu ia aceitar a ideia da minha mãe, e tirar o dinheiro, a cara da moça fechou (porque até então ela tinha sido bem simpática). Como eu tinha colocado o colar numa cestinha da loja, pedi para ela esperar que eu iria tirar o dinheiro. Quando eu voltei, ela estava atendendo outro cliente, não me deu a mínima atenção e já tinha colocado o colar de volta no gancho, sendo que eu tinha dito que iria voltar. Eu levei o colar porque estava querendo fazia tempo, mas depois que eu contei para a minha mãe o que tinha acontecido e ela me disse que eu deveria ter deixado o colar lá, eu fiquei pensando que talvez tivesse sido melhor mesmo não levar. Não pelo dinheiro ou que a loja não tivesse outras peças bonitas (tem muitas bijoux bonitas, finas e delicadas, eu já tinha uma outra peça de lá), mas eu realmente não queria mais nada. E o jeito que eu fui tratada pela vendedora não me agradou. Poxa, um cliente não deve ser bem atendido pela quantidade de coisas que ele compra, mas sim porque ele é um cliente independente de qualquer coisa. E eu posso dizer que quando eu gosto de alguma coisa, viro cliente fiel. Posso comprar poucas coisas por vez, mas sempre volto para comprar mais coisas. Por isso não vou mais comprar nessa loja. Não quero ser tratada de acordo com a quantidade de coisas que eu levo (não estou generalizando as vendedoras dessa loja, porque tem umas bem simpáticas que ficam feliz em só mostrar os produtos, e não deixam você constrangida por não levar alguma coisa, mas como eu tive uma experiência ruim com essa moça, não me sinto mais atraida pelas coisas de lá). Portanto, meninas, não caiam na armadilha de comprar peças para completar valor. Lembre-se de que é você quem vai pagar depois, e não a vendedora.


Colar de algemas "da discórdia"

Mas em compensação, a Lucky Bijoux nunca decepciona. Sempre tem coisas lindas, as vendedoras me tratam super bem e eu sempre saio com vontade de voltar lá toda semana (de preferência com dinheiro, rs). E eu sempre volto, porque sempre sou bem tratada, independente de levar alguma coisa ou nada. E dessa vez, eu saí com um anel muito fofo daquela marca de Nova Iorque e um brinco para dar de presente para uma amiga. O anel custava apenas R$ 13,50, e se eu tivesse ido na da vendedora da outra loja de completar valor, não poderia ter comprado.



Olha aí o "anelzinho" da Lucky Bijoux


E aí? Fiz um bom negócio?
Beijos, e bom domingo ;)

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Batendo perna no Centro de São Paulo- Parte I

Oba... a tag promete, hein?!
Essa "edição" do batendo perna vai ser dividida porque acho que tem tanto o que falar do Centro de São Paulo que em um post só ficaria tudo confuso e chato de ler.
É possível conhecer o Centro (por centro me refiro ao Mercado Municipal, Vinte e Cinco de Março e Zona Cerealista) em um só dia, mas só se você estiver querendo passear mesmo. Agora, se você quer fazer a festa e gastar todo seu décimo terceiro por lá, recomendo ir aos poucos, rsrsrsrsrs.
Bom, acho que a primeira parda pode ser a 25 de Março.  A maioria conhece a "vinte e cinco" (como chamamos aqui em São Paulo) como um centro comercial: lá é possível encontrar brinquedos, bijouterias, embalagens, artigos para artesanato, para decoração, para festas, lojas de calçados e mais um monte de outras coisas. Alguns podem ter um certo preconceito pelas inúmeras denúncias de falsificação em grandes galerias, como o Shopping Vinte e Cinco e a Galeria Pajé, mas a Vinte e Cinco não é só isso, definitivamente. O local é um grande centro comercial cheio de opções para todos os gostos e principalmente para quem quer economizar dinheiro.
Bem, como eu gosto muito de bijouterias (rsrsrsrs), vou falar delas aqui. Existem alguns lugares bem bacanas para se comprar coisas bonitas e com preços acessíveis. Logo no começo da Ladeira Porto Geral, à direita (para quem desce) tem um shopping chamado "Shopping Porto Geral" (algo do tipo, rs). Ali estão concentradas várias lojas de bijouterias. Tem semi-jóia, bijus de aço, bijus finas e bijus para o dia-a-dia. Como muitas (senão todas) lojas vendem por atacado, uma dica interessante é ir junto com algumas amigas e fazer a festa, rs. Além de economizar, todo mundo aproveita. Eu recomendo a Lucky Bijou, que vende inclusive uma marca de bijous de Nova Iorque (eu já entrei no site da marca, que é esse aqui*. Mas agora eles estão cheios de frescuras com acessos restritos para quem não é comprador direto da marca). Mas tem um monte de outras lojas legais lá, só que eu não sei o nome da maioria... rsrsrsrssrsr. Tem que bater perna...
Na ladeira, ainda do lado direito, tem uns prédios com lojas especialmente para montagem de bijouterias. Tem milhões de peças, materiais e coisinhas para quem quiser fazer seus próprios acessórios. Mas nesses prédios existem algumas lojas bem antenadas com acessórios de moda super diferentes e bacanas. Como essas lojas estão espalhadas pelos andares, tem que dar uma olhadinha, mas acho que super vale a pena, pois dá para fazer bons achadinhos.
Já do lado esquerdo da ladeira tem uma travessa (sem saída) onde têm também umas lojinhas super descoladas, com acessórios finos e talz. Vale a pena dar uma olhadinha.
Ao longo da vinte e cinco existem outras lojas de bijouterias cheias de coisas, mas eu não as conheço tão bem. É realmente ir e procurar.
É bom lembrar (que séria, rs) que muitas lojas tem um valor mínimo de compras, ou um valor mínimo para passar cartão. Procure esse tipo de informação na entrada da loja ou com algum vendedor, para você não correr o risco de pegar aquela peça super bacana e não poder levar por alguma restrição loja. A maioria das lojas do Shopping Porto Geral não tem o mínimo de compras, mas muitas (inclusive a Luck Bijou) estipulam um valor mínimo para passar cartões (o valor varia entre R$ 30,00 e R$ 50,00), portanto é bom levar um dinheirinho. Fora que algumas nem aceitam cartão. Mas dentro do shopping tem um caixa 24 horas para "emergências"... rsrsrsrsrsrsrs.
Ufa, quanta coisa, não?! E essa foi só a 1ª parte. Ainda tem mais...
Por último, algumas informações "técnicas":
Recomendações:
1.São as mesmas que você irá ouvir no metrô: CUIDADO com bolsas, mochilas e sacolas. Infelizmente existem pessoas mal-intencionadas em todos os lugares e lá não é diferente. Cansamos de ver nos telejornais aquelas imagens de "trombadinhas" roubando pedestres distraídos e que só percebem a ação dos bandidos (nossa, muito Datena, isso) muito tempo depois.  Tem muitos policiais na região, o que eu acho que pode inibir os roubos e furtos, mas não é bom facilitar, né?!
2. Seja prática. Aquela sua bolsa pode ser ótima para passear no shopping, mas pode não funcionar na vinte e cinco. Opte por uma bolsa prática, e não leve tudo o que você costuma levar na sua bolsa normal. Acredite, depois de algumas horas andando (e provavelmente com sacolas, porque é impossível sair da vinte e cinco sem nada, rs), você vai começar a sentir sua bolsa no seu ombro, então é melhor que ela não esteja lotada de coisas. Aquelas transversais são ótimas, mas de novo: cuidado. Verifique se todos os zíperes estão fechados (eu acho que eu deixei um zíper da minha bolsa aberto e perdi meu celular. Na multidão, ninguém vai te achar para devolver) e muito cuidado com seu documentos. Escolha roupas e sapatos confortáveis e acessórios que não vão te incomodar.
3. Vá munida de muito bom humor e paciência (essa última, devo admitir que não tenho muita, não), especialmente de sábado. O lugar enche. Mesmo. Tem muitos turistas e gente de tudo quanto é lugar (o que eu acho super legal!). Então, pode demorar um pouco para você ser atendida, os lugares vão estar mais cheios, mas nada que atrapalhe o passeio. Afinal, você foi para se divertir e não se estressar, né?! Então, leve na esportiva e sem estresse.

*o site está/estava em contrução. Como esse post é programado para hoje, dia 25 de novembro, não sei como estará o status do site. Mas acho que já estará no ar, porque a data que constava era dia 22... vamos ver, rs.

domingo, 21 de novembro de 2010

Batendo perna na Bienal de São Paulo

Quase três meses sem postagem, hein?! Mas eu não havia me esquecido do blog, não... na verdade, venho aqui todos os dias. Mas o fato é que eu andava meio desanimada e sem muitas novidades para contar. Porém, hoje eu volto com uma dica para a seção "batendo perna".


Até o dia 12 de dezembro acontece aqui em São Paulo a 29ª edição da Bienal de Arte. Sexta-feira eu fui conferir a exposição pela primeira vez. A ideia desse ano é que a arte não está separada da política (vide site oficial). Então, um dos objetivos da exposição era levar a reflexão. Uma das obras inclusive sucitava a questão que permeia a arte há anos: "o que é a arte? para quê serve?". Fica a questão para a gente pensar. ;)
No geral eu gostei bastante. É sempre bacana ver o que está sendo feito em termos de arte não só no Brasil, mas no mundo. Eu não entendo nada de arte, por isso para mim, algumas obras me pareceram muito conceituais, sabe como? Mas o legal de ir a esse tipo de exposições é que não tem muito aquela formalidade de museus. É possível tocar, pisar, participar de algumas obras. Fora que pode tirar fotos (mas eu esqueci minha câmera em casa e não tirei foto de nada ¬¬''). Tinha uma obra toda feita daqueles tapumes de construção, meio cor-de-rosas. A obra era um tipo de labirinto (meio escorregadio, rs) e dava para entrar e seguir por alguns dos caminhos. Somente na saída é que você percebia do que se tratava na verdade o labirinto. Não vou contar o que é para não estragar a surpresa.
Outras obras tinham um teor mais político trazendo alguns relatos (muito tristes) de vítimas de guerra. Há muitas salas escuras com vídeos sobre diversos temas.
No espaço da Bienal é possível tomar um café e fazer umas comprinhas: a Livraria da Vila está com uma "lojinha" ao lado da cafeteria. Ali é possível comprar o catálogo da bienal que sai por R$ 99,90. O catálogo também está a venda no site.

Eu acho que o passeio vale bastante a pena. A entrada é gratuita, e dá para ir com as amigas, com o namorado e até mesmo sozinha. Vá com calçado bem confortável, porque tem que andar muito. A quantidade de obras expostas é incrível, e eu desconfio que não vi tudo, rs.
Se você for cedo, ainda dá para conhecer o MAM (museu de arte moderna, que eu não conheço ainda) e ver as "ocas" (não sei se tem algumas coisa rolando nesses respaços). Dá também para fazer um passeio pelo Parque do Ibirapuera, que é bem gostoso.
Eu admito que não vou muito para os lados do Parque porque ele é meio fora de mão para mim. Tem que atravessar a cidade, pegar trânsito, pegar mais de um ônibus, e vamos admitir que está ficando cada vez mais difícil se locomover de carro em São Paulo. Meu pai levou a gente (eu e minha mãe) e pegamos o maior trânsito. Portanto, se você for de carro, vá com paciência... rsrsrs. O bacana é que tem lugar para estacionar dentro dos portões do Parque. Você só tem que comprar o cartão da Zona Azul, que custa R$ 3,00 para cada 2 horas.
 Vanos para as informações "técnicas"? rs
Onde?
Parque do Ibirapuera, portão 3, Pavilhão Ciccillo Matarazzo.
Quando?
Até o dia 12 de dezembro, nos seguintes horários: De 2ª a 4ª feira das 9 às 19h; 5ª e 6ª feira das 9 às 22h; Sábado e domingo das 9 às 19h. A entrada é permitida até 1 hora antes do fechamento.
Entrada gratuita.

Informações nos sites:
http://www.fbsp.org.br/index.html
http://www.29bienal.org.br/FBSP/pt/29Bienal/Paginas/default.aspx

Ah, é só clicar na imagem que ela direciona para o link de onde eu a retirei.

E aí? Gostaram da dica?

Beijos, e bom domingo! :)


domingo, 29 de agosto de 2010

Devo admitir que comecei o blog com certo deslumbramento. Se olharem algumas postagens antigas vão saber do que estou falando. Eu achava a blogosfera linda. Todo mundo era legal. Mas de uns tempos para cá, eu mudei de opinião. Não vou ficar ranzinza, nem nada do tipo, mas acho que amadureci com relação a blogosfera. Eu li muitos posts e muitos comentários e refleti bastante e mudei de opinião. Simples assim. Volúvel, eu?! Acho que não. Só estou amadurecendo.

Quando eu comecei, queria que fosse um blog de moda. Queria ser lida, querida. Mas como vocês podem ver (se é que tem alguém que lê o blog) que eu não o sou. Ninguém comenta ou aparece por aqui. É claro que minhas atualizações são muito raras. Mas eu estou me descobrindo. Se quero ser um blog de moda? Não mais. Não tenho paciência para fotografar meus looks. De maquiagem muito menos. Só sei passar rímel e olhe lá. Eu quero ser eu. Dar minha opinião. Seja de moda, de consumo, de maquiagem, ou de nada. Ainda acredito que existam muitos blogs bacanas por aí. Os blogs que aparecem aí ao lado são meus favoritos. Leio-os sempre. Mas não sou mais ingênua. A blogosfera, tal como o mundo real tem seus encantos mas tem seus desencantos também (malz aê pelo clichêzão). E é assim que é.

Se alguém lê, por favor, sinta-se a vontade para comentar, criticar, elogiar. Ou se quiser só ler anonimamente, a casa é sua! ;)

P.S.: Não me esqueci da seção "batendo perna", é que estou meio sem tempo. Pretendo dar um up no feriadão! :)

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

E o padrão de qualidade, onde fica?

Algumas lojas perdem clientes por não terem um padrão mínimo de qualidade, o que é para mim, um desrespeito com o consumidor e que me fará pensar 1000 vezes antes de entrar na loja.
Eu escrevo isso porque aconteceu uma situação de desrespeito não comigo diretamente, mas com a minha mãe (então, por extensão de sentido, foi comigo, rsrsrsrs).
Semana passada estávamos passeando no shopping e eu e minha mãe entramos numa loja onde algumas semanas antes ela tinha comprado um colar. Só que depois de alguns usos, o pingente do colar começou a descascar. Eu sei que tem algumas coisas que a gente espera e já até sabe que não vão durar muito. Mas pela loja e pelo preço (R$ 30,00- na promoção, o que significa que a peça já fora mais cara) a gente espera um pouco mais, né?!
Então, eu e minha mãe estávamos na loja, olhando as peças e aí minha mãe decidiu relatar o caso à vendedora. E minha mãe estava com o colar na bolsa  para provar com fatos que era verdade.
Aí a vendedora veio com aquele discurso: "-Ah, mas é que essa peça não é de prata, por isso não tem garantia."
Tudo bem. Mas poxa vida, não estamos falando de um camelô da 25 de Março (e não estou desmerecendo os camelôs, mas vocês entenderam, né?!). Estamos falando de uma loja de shopping e que tem peças caras para vender. A peça podia até não ser de prata, mas poxa... a loja não tem um padrão de qualidade, não? E minha mãe não usou milhares de vezes, e ela foi cuidadosa. Eu tenho peças do outlet da Morana (a Morana tem um outlet no Shopping D, na zona norte de São Paulo, e é muito bom!!!) que foram super baratas e que estão como novas- e eu já usei bastante.
Por isso, não pretendo mais ir a essa loja. Se eles não têm respeito pelo consumidor, não é lá que vou gastar meu dinheiro.
E vocês? Já tiveram alguma experiência ruim como consumidoras e pretendem não voltar mais em alguma loja? Contem aí nos comentários ;)

PS.: Eu preferi não revelar o nome da loja, para não expor ninguém. O post na verdade rola mais como um desabafo e também como alerta: é sempre bom perguntar se a loja tem garantia em suas peças ou produtos. Se não tiver, não acho muito bom confiar. O fato é que se eles não dão garantia em peças que não são feitas de material nobre, é porque a peça não é boa. A maioria das lojas dão garantia a bijuterias se o estrago não foi feito por mau uso. Essa loja nem isso garantiu. #ficaadica

domingo, 1 de agosto de 2010

1ª postagem de agosto... Mas já?!

Bom... e agosto chegou assim: rápido, sem avisar ninguém. Julho foi passado para trás como se nem tivesse chegado. E mais um ano prepara-se para chegar ao seu fim.
Apressada, eu?! Que nada! Quando eu estava no colégio, tinha um diretor que dizia que em agosto já dava para começar a ouvir os sinos de natal. Acho que ele estava certo, afinal.
Porque eu até acho que agosto demora para passar, mas depois que passa... já estaremos comprando os enfeites de Natal...

E... pra inaugurar o novo mês (oi?), inauguro o novo layout do blog, que eu escolhi no design do próprio blogger. Devo dizer que gostei bastante! E vocês?

E já que algumas coisas mudaram, também pretendo colocar umas fotos, e talz. E a tag "batendo perna" promete continuar: já tenho outra dica! Eba!

Então, que venha agosto... e dezembro, enfim... rsrsrssrsrsrsrsrs

Beijos e boa semana!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Batendo perna...

E que tal criar uma tag? Tudo bem que eu não dou conta nem de postar aqui diariamente, mas seria legal criar um tipo de postagem meio regular, né?! Mas eu não vou dizer a periocidade periodicidade (escrevi certo?) dela. Vou deixar rolar...

O nome da tag será: "batendo perna", na qual eu falarei de alguns lugares bacanas aqui de São Paulo, e que não nos deixarão quebradas financeiramente no fim do mês. E será um desafio para mim, pois eu vou tentar conhecer lugares aqui da cidade que eu ainda não conheço. Então, vamos lá?

O lugar de hoje é super cultural, não vai custar quase nada (só a passagem do ônibus/metrô/trem, ou gasolina pro carro, se você for chique, rsrsrsrs). E o melhor: é dois-em-um!
O lugar é a Biblioteca de São Paulo, que fica no Parque da Juventude, na Zona Norte de São Paulo. E é super fácil de chegar: fica próxima (bem próxima mesmo, tipo do lado) ao metrô Carandiru, estação da linha 1-Azul do metrô.


Ir à essa biblioteca é um passeio muito bacana e tem livros e revistas para todos os gostos. No primeiro andar, além dos livros que são presença garantida em qualquer acervo, tem também livros de moda (tem livro da Chanel, de estilistas), de arte, best-sellers, livros premiados, revistas nacionais e intenacionais (Harper's Bazaar, Vogue) e jornais (também nacionais e internacionais). No térreo tem literatura infanto-juvenil e gibis. Ou seja, aquele papo de que biblioteca é chato não cola aqui. Tem pra todo mundo e pra todos os gostos. Lá também tem um acervo com dvd's, cd's, audiolivros, material em braile e muitas outras coisas. Tem que ir para ver, rs.
Vale lembrar que alguns livros (especialmente os de arte) são para consulta local, então não dá para alugar.
O ambiente também é muito gostoso, cheio de cadeiras e mesas. Legal ir com os amigos para aquela tarde de estudos ou até sozinha para ler em um ambiente tranquilo.
E porque é um passeio dois-em-um? 
A Biblioteca de São Paulo fica no Parque da Juventude. Para quem não se lembra, o Parque da Juventude foi construído onde era o complexo penitenciário do Carandiru, e que foi demolido em 2002 (?).
Então, vale muito a pena passear no Parque também, que ficou muito bonito e não lembra nem de longe a antiga penitenciária.
E aí? Ficou com vontade de conhecer? Então anota aí as informações e chama a galera para ir junto!

Onde?
Av. Cruzeiro do Sul, 2630-Parque da Juventude- Santana- Ao lado do metrô Carandiru
Horários de funcionamento:
De terça a sexta das 9h as 21h e de sábados, domingos e feriados das 9h as 19h. Atenção: Não abre às segundas (eu já fui de segunda e vi com meus próprios olhos, paguei micón, rs)
Para alugar livros é fácil: é só levar o RG e um comprovante de residência e a carteirinha sai na hora. Com a carteirinha dá para usar os computadores também. Se não quiser fazer a carteirinha, lembre-se só de levar um documento com foto para ter acesso à biblioteca.

Quer mais informações?
Tel: (11) 2089-0800
Nesses sites, dá para ver a programação e o acervo também.

Eu tirei as informações desses sites e também desse aqui
Nesse link tem uma reportagem interessante sobre o lugar e eu tirei a foto daí também!

E aí? Gostaram? Têm alguma sugestão? Podem deixar nos comentários, porque eu ainda não criei um e-mail pro blog (shame on me). Mas eu prometo ler, viu?! ;)



terça-feira, 20 de julho de 2010

Ah, se ele tivesse dado ouvidos...

Se o Dunga tivesse levado essa seleção para a Copa, tenho certeza que a gente ia voltar com o hexa para casa...


Macy Gray- Beauty in the world (dã... a foto já diz isso, né?!)
Retirada daqui ó.

sábado, 17 de julho de 2010

Eu disse que iam rolar mudanças...

... não disse?
Então, são super singelas, mas estão acontecendo. É claro que eu ainda não sei mexer no design do blog  e fica aparecendo uma mensagem "this image or video has been deleted", mas tudo bem.
Tudo bem, mas onde estão as mudanças? Como eu disse, são beeeeeeeem singelas mesmo... eu dei uma mudada na organização do layout, escrevi um novo perfil e... acrescentei um gadget de peixinhos!!! Rá!
Ah, tudo bem que não faz grande diferença no conteúdo do blog, mas né?! São tão bonitinhos...

Boa madrugada para todos... (porque hoje é sábado!!! #radiobandeirantesfeelings)

terça-feira, 13 de julho de 2010

Talvez vocês acharão esse blog contraditório, mas ele é uma expressão do que eu penso e das minhas opiniões sobre alguns assuntos.
O post que eu escrevi sobre não falar mal dos outros foi um desabafo, tendo em vista algumas coisas que eu já havia lido e que para mim soaram como uma falta de educação, um desrespeito, e até uma ponta de inveja.
Mas o post de hoje é algo que eu já estava pensando havia alguns dias e que depois de (re)ler uma reportagem de uma revista (sim, eu releio muitas revistas, rsrsrssrsrsrs) X e de ler dois posts de duas blogueiras dando suas opiniões (muito ponderadas e educadas) sobre o assunto eu decidi fazer um post sobre o assunto.
Eu estava relendo essa revista X e uma reportagem me levou a crer que vivemos em uma verdadeira feira das vaidades. Eu não critico o gasto ou o consumo de outras pessoas. Não mesmo. Acho que cada um sabe de onde vem seu dinheiro e sabe onde gastá-lo.
Mas o consumismo (não o consumo, porque todos consumimos) está sendo elevado um patamar absurdo. Lembro até que quando eu era mais nova (e não faz muito tempo, rsrsrs) alguém que era chamado de consumista era uma pessoa assim, gastona mesmo, viciada por compras (e é bom lembrar que nenhum vício é bom, né?!). Agora, o consumismo parece ser regra que todos devem seguir.
Nessa reportagem, eu vi a demonstração real da futilidade e do consumo desenfreado. A reportagem era sobre linhas de fast fashions (não gosto desse termo, mas deixo isso pra outro post) assinadas por estilistas famosos. Então, uma marca Z estava com uma linha assinada por um estilista Y e isso causou o maior frisson entre as consumidoras da marca. E ao que me parece a linha até tinha peças bonitas, mas esse não é o ponto. Eu fiquei boba com a descrição da tal reporter, de meninas loucas querendo comprar as peças, chorando por um par de sapatos do tal estilista. E fiquei pensando que se, a mesma marca tivesse feito essa mesma linha de roupas, mas sem nenhum estilista famoso assinando, será que causaria o mesmo tumulto fashion?  Ou será que as consumidoras desesperadas queriam apenas comprar uma marca (e pagar para fazer propaganda da tal marca e do tal estilista). E não nos enganemos, né, gente. Se era de uma linha das chamadas fast fashions a probabilidade de você encontrar alguém com a mesma peça era bem grande, né?! E quem tem uma roupa ou um par de sapatos da marca do tal estilista saberia que essas peças são da fast fashion.
Eu não sou contra que estilistas façam linhas mais baratas, mas será que a gente não sai comprando as coisas porque não sei quem assinou, ou porque não sei quem disse que era bonito e que é must, it, etc.?
A moça da reportagem chegou a comprar roupas de criança (e ao que me pareceu, ela não tinha filhos) só porque a linha fora assinada por uma estilista W.
Será que não estamos nos tornando escravas do consumo e nos tornando manequins das vitrines que muitos meios de informação estão nos mostrando?

Ah, os posts para quem quiser ler estão no Trendy Twins e no Pague minha viagem (o post do Trendy Twins está sob o nome de "Cadê o doce que estava aqui".)

domingo, 4 de julho de 2010

Mesmo perdendo, o Brasil é só alegria...

Ia falar da minha decepção com a seleção brasileira na copa... Mas depois do jogo de ontem, é só alegria!!!!

Vai Deutschland!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! (Me perdoem todas as argentinas... mas ninguém queria ver o Maradona pelado, né?!)

Rivalidades à parte... depois eu volto...

Até já... :)

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Entrei de férias... (acho)... 1 mês de muita curtição!!!! Eba!

Hoje eu estava (re)lendo uma revista Criativa do mês de maio, e li uma reportagem em que algumas blogueiras davam dicas para "ter" um blog de sucesso. E uma das dicas era para não falar mal de outros blogs, ou de empresas, ou sei lá.
Realmente, ficar o tempo inteiro falando mal de um blog, de uma empresa, da atitude de alguém é feio, feio mesmo. E pior: parece inveja.
Não que eu ache que fazer uma crítica é inveja ou que as pessoas não têm o direito de se expressarem como querem. Mas acho que desperdiçar um espaço para ficar o tempo todo falando mal dos outros é uma enorme perda de tempo.
Uma coisa é dar sua opinião de forma clara e educada, outra bem diferente é criticar e menosprezar os outros. Se você não gosta do conteúdo de um blog ou da atitude de uma blogueira, para quê perder seu tempo dando ibope para isso? Você só vai conseguir que o blog em questão seja mais lido e você é que será a crítica insuportável e não lida.
Quer fazer uma crítica, deixar sua opinião? Faça, deixe, mas de forma bem-humorada e numa boa. E não fique voltando ao assunto mil vezes nos posts seguintes. É desagradável.
Use seu espaço para falar do que você gosta, do que você faz... e bora deixar a blogosfera mais bonita, né?! 

Bom... por hoje é só... Beijos e boa noite.

sábado, 26 de junho de 2010

Mudanças

Eu particularmente não gosto muito de mudanças mas sei que elas são necessárias. Portanto, começando do layout (eu ainda estou aprendendo a mexer nesse negócio...) o blog sofrerá algumas mudanças. Primeiro, pretendo vir aqui mais vezes durante a semana. Segundo, eu vou mudar um pouco o conteúdo... ele vai ficar, digamos, mais com a minha cara. E terceiro... bem não tem um terceiro item, mas eu vou pensar em alguma coisa.

As mudanças começam assim que eu entrar de férias (momento mais aguardado do semestre \o/)

Beijos, e espero que gostem....

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Atualizando...

Engraçado como a gente fala de algumas coisas ruins e esquece de falar as coisas boas...
Sabe o perfume que eu perdi? Uma pessoa achou e deixou lá no achados e perdidos da facul!
Fiquei muito feliz!!!

São essas coisas que fazem toda a diferença, e me fazem ter esperança de que as pessoas são boas...

quarta-feira, 16 de junho de 2010

E eu pergunto...

Me digam, leitores inteligentes desse humilde blog:
Na boa, quem é que perde o casaco preferido num dia de frio em uma sexta-feira? E quem é, que em sã consciência perde, na quarta-feira seguinte um perfume que deveria ter sido entregue para uma pessoa e que nem foi pago ainda?
Me digam, por favor, como uma pessoa pode ser tão distraída e sem atenção?
Será que algum de vocês têm alguma palavra de consolo ou conforto para dar a esse ser humano triste e desiludido que não sabe com que cara vai perguntar se alguém viu algum dos itens esquecidos?
Pergunto tudo isso, porque esse ser humano sou eu...
Sim, caros leitores... eu mesma...
Ficaram sem palavras com tamanha falta de atenção? Pois é! Eu também!
Ah... e justo hoje a Dani, do Ricota não Derrete fez esse post super legal sobre "distração". Não sei se ela é ou foi sujeito de todas as situações descritas, mas todas são muito engraçadas e pelo menos uma já deve ter acontecido com a gente... eu garanto que comigo, já! ;)
Beijos e bom resto de semana pós-copa... porque é só isso que se fala aqui no Brasil.

domingo, 6 de junho de 2010

Lógica

Eu: "-Mãe, se eu colocar uma meia fio 80 sobre uma meia fio 20, ela vira fio 100?"

Minha mãe: Ri

Tá, podem rir da minha cara, e eu até sei que não é assim que funciona, mas pensa: o mundo seria muito melhor se tudo fosse mais simples do que realmente é. Até para um simples par de meias.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Eu tento, mas não consigo

Postagem matutina... Eba!!! (na verdade, é só para falar que eu fiz uma postagem na parte da manhã, mesmo... rsrsrsrsrs)

Hoje eu acordei cedo para imprimir um trabalho da faculdade. Que era para ser entregue...hoje! (à tarde, então tá valendo!). Mas eu saí com um único pensamento na cabeça: "-Será que hoje conseguirei comprar o famoso esmalte lápis lazuli da coleção nova (é... não tão nova assim) da Risqué?"
E lá fui eu, fazer a impressão pensando na perfumaria ao lado. E mesmo com o dinheirinho contado, vim, vi e venci: fui direto na seção de esmaltes, fiquei cheia de emoção quando vi o vidrino todo lindo lá e... não venci tanto assim... achei meio caro: R$2,70. Mas eu já estava lá e não podia perder essa oportunidade. Então comprei, né!?

Consegui o que eu queria: comprei o esmalte e ainda imprimi o trabalho da faculdade! (ou seria o contrário? rsrsrsrsrsrs)

Beijos e bom dia!!!

domingo, 2 de maio de 2010

Será que Freud explica?

Não fiz absolutamente nada da faculdade nesse final de semana (shame on me).

Depois de uma semana estressante, achei por bem relaxar nesse final de semana e não fazer nada. É claro que agora, 21:35, estou me sentindo super culpada e imaginando uma semana "daquelas". Mas enfim... agora é tarde.

E o título do post é justificável: eu deveria ter lido um texto de Freud e ao invés disso fiz um colar. Sim, exato: um colar com pérolas e correntes. Devo, nesse momento abdicar de toda a minha humildeza e modéstia para dizer que ele ficou uma gracinha. Me inspirei em um post do Superziper (quem ainda não conhece esse blog não sabe o que tá perdendo) e fui lá e fiz.

Será que Freud explica esse impulso de querer fazer coisas fashionistas (eba) ao invés de estudar (ahhhh)?

Eu postarei a fotinho do colar em breve... aguardem... (rsrsrsrsrsrs)

Beijinhos e boa semana!!!

domingo, 11 de abril de 2010

Desabafo

Sabem aquela matéria na faculdade que é objeto de toda a sua tensão e atenção? É o motivo das suas noites mal-dormidas (ainda não sei a nova ortografia), da perda da sua vida social e dos episódios das suas séries favoritas?
Então... essa matéria se chama "Língua Portuguesa". É sério. Não é Linguística, não é Latim (não, tudo bem... Linguística é punk também.), é Língua Portuguesa.
Vou explicar o porquê: Todo semestre os professores dessa disciplina inventam um trabalho pra gente fazer. No 1º semestre (leiam: 1º semestre, estávamos começando nossa vida acadêmica) eles pediram pra gente fazer um trabalho de pesquisa sobre o perfil de leitura de estudantes dos ensinos fundamental (I e II) e médio. Nem preciso dizer quão difícil foi essa empreitada e quão surtados nós chegamos ao fim do semestre.
No 2º semestre, parecia que tudo ia bem... até aparecer na minha vida uma coisa chamada "fanzine"... Sim, quase surtamos de novo.
E nesse semestre, temos que fazer uma entrevista e uma transcrição. Não parece difícil, né!? Ledo engano! (risadinha maléfica). Vocês precisam ver (ouvir) o que aconteceu com a nossa gravação... todinha zoada por causa do vento... Nunca imaginei que aquilo aconteceria... Agora eu estou me descabelando por que está tudo muito ruim... Que vontade de chorar....

E aí? Alguém tem alguma dica?

domingo, 4 de abril de 2010

Feliz Páscoa

Feliz Páscoa!!!!

Que data bonita, não é!? Família reunida, almoço, conversas... Mas que nesse dia a gente se lembre do sacrifício e ressurreição de Jesus por amor a cada um de nós. Essa data é a representação da Sua misericórdia, amor e cuidado por nós.

Que Deus nos abençoe e uma Feliz Páscoa para cada um de nós!

Abraços e boa semana!!!!

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Alguém me explica, por favor?

Sem comentários o tanto de tempo que eu fiquei sem aparecer, né!? Mas, enfim... falemos de outra coisa, sim!? rsrsrsrsrsrsrsrs

Eu estava super curiosa para ver o novo clipe da Lady Gaga com a Beyoncè (curiosidade boba, né!?), "Telephone". Como eu nunca conseguia ver nos canais que passam clipes o dia inteiro (mas entendam: esses canais passam o MESMO clipe o dia inteiro), eu resolvi enfrentar minha internet e assistir via Youtube. O clipe tem tipo assim... uns 9 minutos (isso mesmo, 9 minutos em um mundo em que as coisas não prendem a atenção por mais de 3 minutos).
Mas você poderia me dizer: "-Ah, mas o clipe tem toda uma história elaboradissima, com vários efeitos de filmagem, dançarinos e figurantes, etc."
Mas eu digo: -"Não entendi nada!" Não sei se não sou inteligente o suficiente, se não entendo de super produções, mas não entendi o que o clipe tem a ver com música, sinceramente.
Achei bobo, cheio de interrupções... totalmente sem sentido.
Lady Gaga, posso dar um conselho? Nunca mais tire sua roupa, querida!!! Você não é tudo isso, mesmo! Esse detalhe tinha ficado bem claro no clipe "Video phone" quando ela apareceu dançando ao lado da Beyoncè.
Nesse clipe ficou mais evidente: magérrima e com uns modelitos bem ruins. E para coroar, uma coreografia tosca. Ah, mas nesses tempos de reciclagem, uma dica interessante: usar latas de refrigerante para fazer bobs de cabelo! Isso aí, Gaga! (sarcastic mode on).
As cenas com a Beyoncè, então... sem comentários!

E no final não entendi se a Gaga e a Honey Bee são "Best Friends Forever" ou se rola algo mais intenso.

Penso sinceramente que deveriam fazer um teste psiquiátrico na Lady... de novo, mortes por envenenamento e os mesmos tiques estranhos do clipe "Paparazzi". Reparem que a Beyoncè usa os mesmos óculos do clipe, aqueles que abrem, sabem? Fiquem de olho nela(s), hein!?

Ah, e clipe termina com um "to be continuaded..." Posso dar uma dica para o próximo? Usem um pouco dos 15.000 minutos de clipe para explicar o mesmo!

éééééééé... não gostei, não, viu! Podia ter ficado sem...

Não acredita? Quer conferir? Vai com muita paciência!

segunda-feira, 1 de março de 2010

Recomendo...

Eu disse que ia exagerar hoje, não disse?

Esse é o último, prometo! ;)

Eu não compro muito em lojas virtuais por uma questão básica de tempo, $abe!? (rsrsrsrsrs).
Mas eu conheci através de um outro blog (desculpem, eu não lembro direito qual, mas assim que eu lembrar, eu posto aqui, ok!?) uma loja chamada Calicanto que é simplesmente uma fofura. A Karen Buono faz uns acessórios lindos, femininos e delicados. Nessa loja, eu comprei um modelinho muito fofo (eu vou postar a foto, prometo), que eu uso sempre. O produto chega direitinho, muito bem embalado, e no prazo. E o melhor: os preços são ótimos!!! Super recomendo!!!

Amanhã prometo que vou colocar fotos em tudo, senão fica chatinho, né!?

Beijosss e boa noite.

Agora parei, pra valer... hehehehehe
Hoje eu vou compensar... depois de quase um mês sem postar, vou com vários posts de uma vez só... hehehehehehe

Apesar de não aparecer muito por aqui, eu leio bastantes blogs... eu gosto de saber o que rola, de me inspirar, de saber de tudo. Os blogs que eu acompanho com frequência estão ali na seção "Combina com pipoca e gorgonzola".

Posso dizer que eu já vi várias dicas, aprendi muito e vi pessoas assim, de carne e osso que nem eu. Que ri, que chora, que tem dias bons e ruins, que experimenta, que aprende, que faz mil e uma coisas e compartilha seus pequenos truques e segredos.

E tenho a oportunidade de perceber essa tendêndia mundial que se tornou a blogosfera. Agora as 'trendsetters' são pessoas comuns. As marcas perceberam a importância da aprovação das blogueiras, cujos blogs (nossa... desenterrei esse 'cujos' lá do Machado de Assis) são lidos por muitas mulheres, que procuram muito mais do que só um produto, procuram qualidade. E quem melhor para dizer se um produto é bom ou não do que 'a girl next door', ou seja, uma pessoa que nem eu e você?

E eu não estou sendo irônica, nem acho que isso seja ruim. Muito pelo contrário: esse novo universo está mostrando para as marcas que quem consome seus produtos não são as modelos dos comerciais, mas sim mulheres reais, inteligentes e bonitas, que procuram qualidade. E são essas mulheres que estão democratizando a moda de uma maneira muito legal!!!

Obrigada e parabéns! Que essa não seja uma tendência, mas sim um estilo!

Beijosss

Eu tentarei...

Escrever mais...
Acho que eu nunca conseguirei resolver esse problema de ficar tanto tempo sem escrever... Não sei se acontece com todo mundo ou só comigo, mas o negócio é que eu fico com preguiça. E medo. Sim, medo. Eu sempre acho que o que eu planejei escrever fica muito melhor na minha mente do que escrito.
Ás vezes eu escrevo mentalmente histórias inteiras, com cenas, imagens, paisagens, figurinos, maquiagens e afins... Imagino pequenos discursos, lições de vida... até rola aquelas vozes de fundo tipo em "Desperate Housewives", sabe!? Aquela liçãozinha, aquele comentário... (parece estranho, eu sei, mas eu não ouço vozes, não... é só minha consciência).
Mas quando chega a hora de tentar passar para o papel... simplesmente não sai, fica ruim, às vezes péssimo e eu começo a imaginar que todos irão simplesmente (taí uma palavra que eu gosto: simplesmente...) odiar o que eu escrevi.

Mas eu vou tentar parar com isso, prometo. Vou vir aqui e escrever sem medo (e 'sem medo' não significa 'sem critério'), e aproveitar a oportunidade de ter uma nova experiência.

Desculpem-me pelo post meio sem pé nem cabeça, mas acho que ele é meio que um grande passo para mim ;)

Beijossss

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

E eis que reaparece...

... uma blogueira negligente...

Uau!!! Quanto tempo sem aparecer, não!?

Digamos que... bem, meu computador não ajuda muito, então desanima um pouco escrever coisas novas...
Mas eu prometo que em breve escreverei mais e postarei algumas fotos...

Só passei para ninguém pensar que o blog está totalmente abandonado.

Beijocas e boa noite :D

sábado, 23 de janeiro de 2010

Postagem especial!


Ah, hoje, dia 23 de janeiro, é aniversário da minha tia querida, a Lia, lá do Tacho da Pepa. Um Feliz Aniversário! Que Deus continue abençoando ela abundantemente em todas as áreas da vida dela, como Ele vem abençoando desde sempre!

Tia querida, Te amo!!!

Beijos e parabéns por mais um ano de vida!!!!!!!
Foto original aqui

O mais legal...


Férias é bom e a gente gosta, né!?

Principalmente quando surge aquela oportunidade de viajar... nessa semana que entra, eu vou para Floripa. Essa é meio que uma viagem tradicional da família, vamos quase todos os anos. Admito que quando eu era menor não curtia tanto assim viajar todos os anos para lá, mas depois comecei a gostar bastante e, por incrível que pareça, uma das partes que eu mais gosto é fazer todo o trajeto de carro até lá (sim, nós vamos de carro!). Eu acho que não trocaria essa viagem de carro pela viagem de avião.
Como saímos de casa bem cedo, nós normalmente paramos para tomar café naqueles postos que têm um restaurante-loja de conveniência e vamos parando ao longo da viagem, atravessando estados, ansiosos para chegarmos ao nosso destino.

E apesar de Florianópolis ser uma cidade linda, cheia de atrativos, o que mais me empolga na viagem é com certeza o trajeto que fazemos. E além da estadia, é desse trajeto que eu vou sempre me lembrar e contar para meus filhos um dia.

Bom, semana que vem eu volto e conto um pouquinho das minhas férias...

Beijos para todos e boa semana! ;)
veja fonte da foto aqui

sábado, 16 de janeiro de 2010

Andanças de um sábado à tarde

Nossa... quanto tempo sem aparecer...
Acho que que estava sem inspiração esses dias...

É que hoje eu fui à Liberdade, bairro tradicional japonês aqui da cidade de São Paulo.
O propósito principal era ir à Ikezaki, loja de cosméticos que abastece salões de beleza da capital. Confesso que fiquei decepcionada. Os produtos não eram tão mais baratos do que em lojas de bairros e eu fiquei particularmente decepcionada com o setor de maquiagens (admito que eu fui a loja super querendo comprar váááááários produtos).
A variedade não era tão grande e os preços, desanimadores. Comprei apenas uma base, que nem era de uma marca tão conhecida por pouco mais de R$11,00 (eu concordo que é mais barato que uma base da Natura, mas é quase o mesmo preço de uma base da Avon, e convenhamos, o preço não é tão diferente do encontrado em bairros).
Também havia pouca variedade de pincéis para maquiagem, e todos na mesma faixa de preço. Eu acho que comprar coisas de qualidade é importante, porque duram mais, mas nesse caso, eu fui lá esperando encontrar uma variedade imensa, com diversos preços. Como eu não sou nenhuma profissional, não me importo de comprar uns pincéis mais baratinhos só para treinar e aprender.

Porém, o setor de esmaltes merece créditos. Havia uma grande variedade de marcas, cores e linhas de tratamento (as unhas e cílios postiços não estavam com preços muito diferentes do que os que se encontram por aí).

Por ser sábado, a loja estava lotada de gente. Uma mulher que estava fazendo compras disse que durante a semana, a loja fica mais tranquila.

Mas gente, eu não estou tentando queimar o filme da Ikezaki. É que foram essas as minhas impressões da loja... mas a loja é legal para quem quer variedade em produtos para cabelo e manicure. Dá para encontrar uns produtos bacanas.

Como recomendado pela Pepa no blog dela, eu tomei o famoso sorvete de melão. É muito bom, minha gente. Mesmo num dia de calor como hoje ele não derrete por toda a sua mão e deixa sua boca toda suja de sorvete. Muito gostoso, tomei e recomendo :D

A Liberdade é um passeio muito legal para quem quer ver e conhecer um pouco da cultura oriental (que eu, particularmente adoro). E a comida (tanto japonesa quanto chinesa) é maravilhosa. Provem o "frango com laranja" ou "orange chicken", que é muito bom!!!

Bom, já escrevi demais, né!? Acho que para um tópico está bom... mas pode deixar que eu já vou fazer outro...

Beijos e bom domingo

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Um blog de Ano Novo

Fonte da foto:www.mygreatgrandfathers.com/webpostcard//pictures/happy%20new%20year%202010.jpg
Feliz 2010 para todos!!!!!

Bom, antes de mais nada acho que é bom explicar o nome do blog (se é que tem uma explicação).
Estava eu sentada no sofá, assistindo pela milésima vez o filme "As apimentadas" (calma, gente... não é o que vocês estão pensando... esse filme é estrelado pela Kirsten Dunst e é sobre animadoras de torcida... é um filme bem bobinho, mas eu gosto... mas posso dizer que minha mãe não aguenta mais assisti-lo...) e me perguntando (e perguntando para os meus pais também) qual seria um bom nome para um blog. Então, eis que minha mãe sugere: "que tal 'pipoca com gorgonzola'?".
Taí: gostei e coloquei esse nome no blog. E sobre o que será esse blog? Acho que será sobre tudo... Na verdade, ter um blog é um desafio. Além dos problemas técnicos (leia-se "computador ruim"), eu não sou muito uma pessoa de escrever e manter uma coisa por muito tempo, mas eu quero tentar. Então, em 2010, eu terei um blog e escreverei nele! :D

Bom, gente, desejo a todos vocês um feliz 2010 e mesmo sem querer cair no clichê "paz, saúde e felicidade" é o que eu desejo a todos. No mesmo esquema do "copo meio cheio para os otimistas e copo meio vazio para os pessimistas", para os pessimistas outro ano acabou, mas para os otimistas outro ano começou, e mesmo que você não tenha muitos planos para 2010, "just live your life" e muitas coisas podem acontecer mudando tudo o que você esperava para 2010!

Ufa, como eu falo (escrevo), né!? Prometo que serei mais breve das próximas vezes...

Sejam todos bem-vindos ao blog e... bem... vamos blogar!!!

Que Deus abençoe a todos e Feliz 2010!!!